Ar Condicionado Automotivo


A Vaayus é especializada em instalação e manutenção de Ar Condicionado Automotivo, com técnicos especializados  que atuam no ramo há quase 20 anos, utilizando-se inclusive, de modernos e eficazes equipamentos que contribuem para um correto diagnóstico e que não agridem o meio ambiente.

Ar-condicionado automotivo: como funciona e quais são os cuidados necessários

Em um país tropical e com altas médias de temperatura como o Brasil, o ar-condicionado automotivo deixou de representar um luxo e passou a ser item essencial. Contudo, é preciso tomar alguns cuidados com esse sistema, o que ajuda a evitar desgastes prematuros em seus componentes e, principalmente, prejuízos à saúde.

Ao longo do texto, você vai conhecer o funcionamento básico de um sistema de ar-condicionado automotivo, quais medidas preventivas colocar em prática e como não desperdiçar combustível. Acompanhe e faça boa leitura!

Como funciona o ar-condicionado automotivo?

O sistema funciona de forma bem semelhante aos outros modelos de ar-condicionado encontrados no mercado, usando princípios como evaporação, condensação, compressão e expansão. Os principais componentes responsáveis pela refrigeração do veículo são:

compressor;
filtro secador;
condensador;
válvula de expansão;
evaporador;
ventilador;
gás refrigerante.

O ar-condicionado automotivo é basicamente um trocador de calor que usa as mudanças de estado de um fluido refrigerante para controlar a temperatura no veículo. Um compressor, conectado ao motor por meio de uma correia ou polia, pressuriza o fluido — em estado gasoso — e o envia através de tubulações até o condensador, que tem a função de resfriá-lo. Devido à alta pressão e à queda na temperatura, esse fluído torna-se líquido.

Uma vez nesse estado, o fluido é enviado ao filtro secador — ou filtro de ar —, responsável por remover umidade e impurezas. Após a conclusão do processo, o material refrigerante é transferido à válvula de expansão para redução da sua pressão e temperatura, transformando-o em uma espécie de névoa.

Por fim, o fluido é conduzido ao evaporador, passando por várias serpentinas de cobre. Um ventilador, localizado à frente desse componente, lança o ar frio pelas tubulações do veículo e refrigera o seu interior.

Conforme o material refrigerante começa a esquentar, ele vira gás novamente e, na sequência, o ciclo se repete. Um termostato, localizado no evaporador, controla a temperatura interna do automóvel por meio do acionamento ou não do compressor.

Que cuidados devem ser tomados e como fazer a manutenção?

Ter um ar-condicionado automotivo é uma ótima ideia e torna a direção muito mais tranquila e confortável.

No entanto, se você quer agregar saúde e bem-estar à direção, é importante prestar atenção a determinados detalhes. Quer saber quais são eles? Confira a seguir!

Promova a manutenção periódica do ar-condicionado

De acordo com Rubens Venosa — engenheiro proprietário de oficina mecânica e consultor da Revista AutoEsporte — a manutenção dos automóveis com esse equipamento precisa ser feita constantemente, ao menos de seis em seis meses, e por profissionais qualificados.

O filtro de ar é o causador de grande parte dos problemas — sejam mecânicos ou de saúde — relacionados ao ar-condicionado automotivo. Lembre-se de que ele filtra as impurezas e remove a umidade do fluido, ambas prejudiciais aos demais componentes do sistema, como o compressor.

Segundo Francisco Satkunas — engenheiro e conselheiro da Sociedade de Engenheiros da Mobilidade —, os primeiros sinais de que o filtro apresenta problemas e precisa ser substituído são mau cheiro e baixa ventilação.

 

confira outros serviços do Vaayus Auto Center

contato@vaayus.com.br
   

(16) 3501-1752

/Vaayus

 
Av. Bruno Ruggiero Filho, 464
Santa Felícia
CEP: 13562-420 - São Carlos/SP
  consulte nossa
localização aqui